PUBLICIDADE


Acabou o mistério: cédula de R$200 é divulgada e notícia forma fila de colecionadores em busca das primeiras notas

A explicação para o tamanho da cédula se deve a um "problema técnico", que fez com que as cédulas fossem impressas no mesmo equipamento da cédula de R$20.

O lançamento da cédula de R$200 atraiu um grupo de colecionadores até a sede do Banco Central, em Brasília, com a esperança de ter acesso primeiro às notas. O grupo formou uma fila na frente da sede e esperou para conseguir uma unidade.

PUBLICIDADE


A intenção do grupo é conseguir cédulas que estão completamente novas, sem marcas, vincos, riscos ou qualquer coisa que sugira que ela já foi usada. Apesar de não ser tão popular, colecionadores de notas não são poucos mundo afora.

Colecionador há cerca de 15 anos, Athos Camargo foi um dos que marcou presença na sede do BC na tarde de hoje. Ele afirma já ter cerca de 300 notas em seu acervo e estava na esperança de conseguir a cédula de R$200. Ele ainda destacou que era sua primeira experiência em uma cerimônia de lançamento.

PUBLICIDADE


A divulgação do design da nova cédula provou que uma indústria segue muito bem durante a pandemia: a indústria dos memes. Não foram poucas as reações a imagem do Lobo-guará usada na cédula, que foi impressa de uma fotografia.

A escolha do animal se deu em 2001, quando uma consulta pública foi realizada. A nota usa cores sépia e cinza, diferentes de outras cédulas já lançadas, mas tem o mesmo tamanho das cédulas de R$20.

PUBLICIDADE


A explicação para o tamanho da cédula se deve a um “problema técnico”, que fez com que as cédulas fossem impressas no mesmo equipamento da cédula de R$20.

Autor