PUBLICIDADE


Anderson Silva admite que próxima luta deve ser a última antes de aposentadoria

Pelas redes sociais, Anderson comemorou seu contrato para o próximo confronto.

Anderson Silva é um dos maiores atletas brasileiros e seu nome literalmente dispensa maiores apresentações. Entretanto, mesmo um nome com tantas conquistas precisa se aposentar e esse momento pode estar próximo para o Spider.

PUBLICIDADE


A informação não chega a ser uma grande novidade porque o próprio presidente da UFC, Dana White, já havia adiantado que a aposentadoria do astro brasileiro estava por vir. Aos 45 anos, Anderson Silva se prepara para a despedida.

Pelas redes sociais, Anderson comemorou seu contrato para a próxima luta. Marcada para o dia 31 de outubro, o confronto será contra Uriah Hall, jamaicano em ascensão na modalidade. A expectativa é que o lutador consiga se despedir do octógono em grande estilo.

https://www.instagram.com/tv/CEXiu1FgGAc/

PUBLICIDADE


 

 

PUBLICIDADE


Apesar de ser um dos maiores astros da história da UFC, o atleta vem obtendo maus resultados desde a perda do cinturão, há 7 anos. De lá para cá, perdeu 5 confrontos, ganhou apenas um e enfrentou uma polêmica de doping.

Os resultados negativos, no entanto, não apagam a história de Anderson no esporte. São 34 vitórias ao todo, das quais 22 foram por nocaute e 10 derrotas. Metade das perdas foi vivida nos últimos anos depois da perda do cinturão, sendo uma luta sem resultado.

Embora muitos fatores indiquem o fim de sua trajetória no esporte, Anderson não bateu o martelo em sua decisão e se referiu ao confronto contra o jamaicano como “provável” última luta. Mesmo assim, especialistas apontam que essa deve realmente ser o adeus do lutador brasileiro.

Autor