PUBLICIDADE

Anvisa certifica fábrica da Sinovac, empresa que produz a vacina CoronaVac

Com este certificado a vacina pode ser usada em regime emergencial.

Um grande passo para a vacinação contra a Covid-19, foi dado nesta última segunda-feira (21), conforme informou o portal de notícias, ‘G1’, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) concedeu e publicou a certificação de ‘Boas Práticas de Fabricação para a empresa responsável pelo desenvolvimento da vacina CoronaVac.

PUBLICIDADE

A fábrica da farmacêutica Sinovac, foi visitada por uma equipe de especialistas da Anvisa e por cientistas observadores do Butantan que viajaram até a China para inspecionar pessoalmente todo o processo de desenvolvimento da CoronaVac que deve ser uma das vacinas utilizadas na imunização da população brasileira.

A equipe brasileira esteve na China entre os dias 30 de novembro a 4 de dezembro e puderam fazer uma minuciosa inspeção na farmacêutica e participaram de reuniões com os executivos da Sinovac.

Em uma nota publicada no Diário Oficial da União, há a informação que o Butantan enviou para a Anvisa um plano de ação bastante detalhado na última quarta-feira (16). A conclusão da equipe técnica enviada à China foi finalizada no último domingo (20).

PUBLICIDADE

A publicação da autorização aconteceu com 10 dias de antecedência da data determinada pela Anvisa.

Vale ressaltar que a validade do certificado é de dois anos. Este certificado faz parte dos pré-requisitos exigidos para o registro da vacina no Brasil e também para a autorização do uso do imunizante de maneira emergencial.

PUBLICIDADE

O Brasil tem registrado um aumento crescente de novos casos de Covid-19 nos últimos dias e em várias cidades do país os hospitais públicos e particulares já estão a beira de um colapso.

 

Autor