PUBLICIDADE


Após aborto da menina de 10 anos, vaza informação de como está a criança após a retirada do bebê

A Justiça queria tudo em sigilo, mas os dados acabaram vazando nas redes sociais e o assunto viralizou.

Neste último domingo (16), a menina de 10 anos que engravidou após ser abusada pelo tio, foi levada para um hospital em Recife, já que a equipe médica no Espírito Santo não quis realizar o aborto.

PUBLICIDADE


O procedimento teve início ainda ontem e de acordo com a ex-companheira de Marielle Franco, Mônica Benício, o aborto já foi concluído e a menina está passando bem, porém, só poderá ter alta hospitalar daqui a dois dias.

Mônica usou seu perfil no Twitter para informar que o “aborto legal aconteceu” e que segundo as primeiras informações, a criança passa bem. Ela aproveitou para elogiar o movimento de mulheres de Pernambuco que foram para o hospital e expulsaram de lá as fundamentalistas que estavam pressionando para impedir o procedimento.

PUBLICIDADE


 

Ontem, a extremista Sara Winter divulgou o nome da criança e também o nome do hospital em Recife para onde ela foi levada. Muitos internautas ficaram revoltados com a revelação dos dados, enquanto um grupo religioso foi para a unidade de saúde tentar impedir o aborto.

PUBLICIDADE


Membros da Frente Nacional Pela Legalização do Aborto também foram até lá e pediram para que a criança pudesse exercer seu direito, já que a lei brasileira autoriza o procedimento em caso de estupro.

 

 

PUBLICIDADE


Os influenciadores digitais Whindersson Nunes e Felipe Neto já se ofereceram para ajudar a criança, pagando acompanhamento psicológico e os estudos dela até concluir a faculdade.

 

Autor