PUBLICIDADE

Após se mudar para a casa nova, menino morre ao fazer algo que todas as crianças fazem; bombeiro alerta sobre perigo

Ele não resistiu.

Na tarde desta terça-feira, dia 9 de março, foi anunciada a morte de um menino de apenas 5 anos de idade. Ele morreu se afogando na piscina de casa. O caso ocorreu na Paraíba, em João Pessoa. A família tinha acabado de se mudar para a nova residência.

PUBLICIDADE

De acordo com informações fornecidas pela mãe, John Wesley estava na borda da piscina com o seu irmão de 4 anos. Quando ela saiu rapidamente para verificar a comida no fogo, ouviu gritos de seu filho menor. Rapidamente ao retornar para área, encontrou o filho já no fundo da piscina. A criança chegou a ser socorrida, mas infelizmente não resistiu.

Infelizmente, acidentes como esses são muito comuns, principalmente para aqueles que tem a piscina em casa.

Diante disso, especialistas recomendam que algumas regras sejam seguidas para evitar ao máximo a ocorrência de acidentes.

PUBLICIDADE

Neste link, um bombeiro fornece mais dicas e faz um alerta:

ASSISTA O VÍDEO AQUI

PUBLICIDADE

O principal é nunca deixar a criança sozinha. Elas precisam de vigilância constante, pois são imprudentes e não sabem do perigo que podem ocorrer. O ideal é que a área seja cercada para não deixar que os pequenos cheguem perto sem supervisão. Grades e alarmes sonoros são recomendados.

Apesar de muitos pais pensarem que seus filhos estão totalmente seguro com as boias, isso não é verdade, por elas terem a possibilidade de virar. Também jamais deixe o seu filho fazer brincadeiras na borda. Isto pode ser muito perigoso para as crianças.

Autor