PUBLICIDADE

Assustador! Jovens encontram restos humanos em mala enquanto gravavam vídeo para o Tik Tok

Os corpos foram identificados como de um casal, Jessica Lewis, de 35 anos, e Austin Wenner, de 27 anos, de acordo com a King 5, que é uma rádio local.

O que era para ser apenas uma história divertida de amigos, acabou se tornando um caso de polícia. O grupo de adolescentes estava transmitindo um passeio pela praia, através do aplicativo Tik Tok, quando avistaram uma mala abandonada.

PUBLICIDADE

Curiosos e acreditando que conseguiriam produzir um bom conteúdo ao investigarem o que tinha na mala, o grupo acabou encontrando restos mortais dentro da mala. Os restos estavam dentro de um saco plástico preto, no interior da mala.

Existem duas possibilidades para o local da mala: alguém deliberadamente a depositou sobre as pedras na praia, ou a mala foi jogada no mar e acabou se prendendo nas pedras durante uma maré cheia. O caso segue sendo investigado.

No vídeo divulgado pelo grupo, é possível ver o momento exato em que eles encontram a mala e decidem abri-la. A princípio, eles estavam apenas brincando sobre a possibilidade de haver dinheiro dentro, mas foram surpreendidos pelo cheiro.Logo ao abrir a mala, eles afirmam que o cheiro ‘podre’ tomou o ambiente. Preocupados com o que poderia estar no interior, eles decidiram chamar a polícia e não mexer mais no objeto. Com a chegada da polícia, eles foram ouvidos e liberados.

PUBLICIDADE

A descoberta de que, de fato, eram corpos humanos dentro da mala aconteceu dias mais tarde, com a publicação da notícia pela mídia local. Os corpos foram identificados e a perícia determinou que a morte aconteceu provavelmente no dia 16 de junho.

Os corpos foram encontrados 4 dias depois, no dia 20 de junho, pelo grupo. No entanto, só agora o caso tem tomado maior repercussão. A praia em Seattle acabou se tornando notícia internacional depois do acontecido.

PUBLICIDADE

Os corpos foram identificados como de um casal, Jessica Lewis, de 35 anos, e Austin Wenner, de 27 anos, de acordo com a King 5, que é uma rádio local. As autoridades ainda não sabem muitos detalhes sobre o crime.

Assista ao vídeo do noticiário local sobre o caso (em inglês):

Autor