PUBLICIDADE

Auxílio emergencial: Guedes confirma que a 3° parcela será paga neste final de semana

Confira últimas informações divulgadas por Paulo Guedes e Bolsonaro sobre 3ª parcela do auxílio.

Durante transmissão ao vivo que estava acontecendo hoje, quinta-feira, 25 de junho, o ministro da economia, Paulo Guedes, anunciou quando começará o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas que não possuem Bolsa Família.

PUBLICIDADE

Na live, o ministro falou que nesse sábado (27) o governo irá pagar para 60 milhões de brasileiros mais uma parcela do benefício e declarou que, até o sábado que vem, esses 60 milhões de brasileiros irão receber o auxílio.

Logo em seguida, o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, começou a conversar sobre as próximas parcelas do auxílio emergencial. Ele conta que a atual ideia do governo é que se tenha mais 3 parcelas, mas de valores diferentes. Os pagamentos iriam ser de R$500, R$400 e R$300, respectivamente.

De acordo com o presidente, essa proposta ainda está passando por estudos. Vale lembrar que esses rumores já estão há alguns dias navegando pela internet e parece que foram aprovados por uma boa quantidade de pessoas.

PUBLICIDADE

Um pouco mais cedo, o presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), continuou defendendo sua proposta de haver mais parcelas do auxílio emergencial e todas o valor de R$600, como já é feito atualmente.

Vale lembrar que mais cedo era para acontecer uma coletiva de imprensa para divulgar o calendário da terceira parcela do auxílio emergencial, entretanto, essa reunião acabou sendo cancelada pelo presidente Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Não podemos esquecer de informar que beneficiários do Bolsa Família já estão recebendo a terceira parcela do auxílio desde dia 17 de junho, a qual deve acabar no dia 30 deste mês.

Até o momento, o governo ainda não divulgou o calendário da terceira parcela do auxílio, entretanto, está previsto pra sair ainda nesta semana e é possível que esse calendário seja divulgado nesta sexta-feira, dia 26 de junho, já que o ministro contou que o pagamento iria começar neste sábado.

 

Autor