PUBLICIDADE


Auxílio Emergencial é prorrogado até mês de dezembro, mas com novo valor de parcela, entenda

Novo valor e prorrogação de parcelas do benefício Auxílio Emergencial é anunciado pelo governo.

Foi informado pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (1°), que o auxílio emergencial será mantido por mais 4 meses, com um valor de R$ 300 em cada parcela.

PUBLICIDADE


Em uma reunião realizada hoje pelo presidente, com parlamentares aliados no Palácio da Alvorada e alguns ministro, foi anunciada a prorrogação do benefício.

Conforme dito pelo político, foi decidido a prorrogação do benefício para até o fim do ano, com um valor maior que 50% pago pelo Bolsa Família, representando R$ 300 reais.

Jair Bolsonaro ainda diz que a quantia em si é menor que a atual, mas acrescenta que tal valor que os beneficiários recebem, porém, atende ao que se espera do programa.

PUBLICIDADE


O auxílio foi criado pelo governo no mês de abril, sendo sua previsão de duração a de 3 pagamentos mensais de R$ 600, até o mês de julho. Com o fim chegando, o auxílio foi prorrogado para mais duas parcelas com a mesma quantia, que iriam até setembro. Sendo assim, a nova prorrogação foi anunciada nesta terça-feira pelo presidente.

Paulo Guedes ainda afirmou que os R$ 300, que serão distribuídos para população brasileira em situação de vulnerabilidade social em tempos de pandemia, custarão para os cofres públicos um total de R$ 25 bilhões mensais.

PUBLICIDADE


Assim que encerrar o benefício do auxílio emergencial, Bolsonaro planeja dar início aos pagamentos do Renda Brasil, novo programa social que o governo vem discutindo. Entretanto, vale ressaltar que ainda não foi oficialmente aprovado.

 

Autor