PUBLICIDADE


Avião com Jair Bolsonaro enfrenta problema em Mato Grosso por causa das queimadas

O presidente viajou até o Mato Grosso nesta sexta-feira e a aeronave enfrentou dificuldades ao aterrissar.

Nesta sexta-feira (18), o avião que levou Jair Bolsonaro ao estado do Mato Grosso enfrentou problemas no momento da aterrissagem e precisou arremeter. Segundo o próprio presidente, foi a segunda vez na vida que ele passou por algo assim, sendo a primeira no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE


Devido às queimadas na região do Mato Grosso, o piloto teve dificuldade no momento de aterrissar pois a visibilidade estava comprometida em virtude da fumaça, então ele arremeteu e obteve êxito apenas na segunda tentativa.

Bolsonaro não comentou diretamente que a visibilidade ruim era devido às queimadas na região, mas disse que seu governo está analisando todos os focos de incêndio no país para que o problema possa ser combatido.

O presidente afirmou que tem sido duramente atacado por causa dos incêndios no Pantanal e na Amazônia e que isso interessa principalmente aos “concorrentes”, aqueles que são contra seu governo e contra o agronegócio. Em seguida, ele afirmou que os países que estão criticando os incêndios nas florestas brasileiras “já queimaram tudo que tinham“.

PUBLICIDADE


Na manhã de hoje, Jair Bolsonaro visitou os municípios de Sorriso e Sinop, dois grandes produtores de soja que estão sofrendo muito com as queimadas no estado. Vários representantes do agronegócio se reuniram com o presidente e ele afirmou que é contra aumentar as terras para grupos indígenas.

PUBLICIDADE


Mauro Mendes, governador do Mato Grosso, também falou durante o evento, mas acabou sendo vaiado quando disse que assumiu o estado ainda “quebrado”, mas que tem conseguido realizar uma série de obras.

Autor