Boa Notícia! Vacina BCG pode evitar contágios e mortes por Covid-19

Uma incrível descoberta foi feita e pode ajudar nas pequisas contra o novo coronavírus.

ANÚNCIOS

Devido a pandemia do novo coronavírus e toda a crise na saúde e na economia desenvolvidas por consequência, é possível ver o empenho dos profissionais em meio à busca da vacina ou da cura para doença.

No contexto de diversos estudos e testes, foi divulgado nesta última sexta-feira, dia 31 de julho, um estudo feito pelo Departamento de Psicologia da Universidade de Michigan, nos EUA, o qual mostra uma incrível descoberta.

De acordo com as informações divulgadas pela revista científica “Science Advances”, os países que têm pessoas vacinadas com BCG, que é uma vacina que imuniza contra tuberculose desde recém-nascidos, estão apresentando uma maior imunidade ao novo coronavírus.

ANÚNCIOS

Ainda de acordo com os estudos, muitos países, inclusive o Brasil, teriam maior número de mortos decorrentes da doença, se a vacina do BCG não fosse obrigatória a toda a população.

 

Os dados apontam que até o dia 15 de abril, o número de mortes já passava de 1.760 pessoas decorrentes da Covid-19. Este número foi retirado e analisado das regiões de fronteira do Brasil e poderia ser maior em até 14 vezes, se a população não estivesse com a vacina do BCG em dia, sendo os números estimados de 24.399 mortes.

Para a pesquisa foram analisados novos casos da doença, bem como o número de mortes de 135 países. Através dela foi possível analisar que os índices foram mais altos nas nações as quais não tiveram a vacina contra a tuberculose aplicada.

ANÚNCIOS

Como exemplo, os Estados Unidos, onde o número de mortes poderia ter sido 19% menor, se a vacina em questão fosse obrigatória no país.

Para esses números, diversas características locais de cada país foram devidamente analisadas, para se ter um resultado mais conclusivo dos testes.

Millena Carvalho

Estudante de Letras, apaixonada pela vida e pela arte. Comprometida com a seriedade em repassar informações verídicas e que enriqueça o conhecimento de nossos leitores.