PUBLICIDADE

Bolsonaro abre live semanal e fala sobre prisão de Queiroz

Nesta última quinta-feira, o presidente do Brasil abriu sua live semanal e falou sobre a prisão de Queiroz.

O atual presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, tentou realizar sua live tradicional que acontece toda quinta-feira, porém, não conseguiu fugir de um dos assuntos mais comentados do momento. Jair Bolsonaro comentou sobre a prisão de Fabrício Queiroz.

PUBLICIDADE

Após a prisão de Queiroz, as redes sociais ficaram extremamente movimentadas com milhares de internautas afirmando que é só uma questão de tempo para que a família do presidente caia.

Segundo as investigações da Polícia Federal, Queiroz é um dos principais envolvidos no esquema da ‘rachadinha’, que seria comandado pelo filho de Bolsonaro, o atual senador Flávio Bolsonaro. A PF alegou que esse esquema existia há mais de 10 anos.

A Polícia Federal acredita que esse seja apenas o começo de algo muito maior. As investigações revelarão uma organização criminosa que surpreenderá todos.

PUBLICIDADE

Na live o presidente afirmou que a prisão de Queiroz foi ‘espetaculosa’. Para Bolsonaro, todos trataram a prisão dele como se fosse o maior bandido do mundo que estivesse sendo detido.

Algo que não passou despercebido por ninguém foi o fato de que Queiroz teria sido encontrado na casa do advogado de Flávio Bolsonaro, Frederick Wassaf.

PUBLICIDADE

A casa do advogado fica localizada em Atibaia, estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro explicou essa situação dizendo: “E por que estava naquela região de São Paulo? Porque é perto do hospital onde faz tratamento de câncer. Então, esse é o quadro. Da minha parte, está encerrado aí o caso Queiroz”.

A live semanal do presidente é uma das lives mais esperadas pelos brasileiros. Isso porque Bolsonaro sempre disponibiliza novas informações sobre quase todos os assuntos mais falados do momento, entre eles o auxílio emergencial.

Milhares de brasileiros aguardam a divulgação dos novos calendários de recebimento. Vale lembrar que o dinheiro é financiado pelos impostos dos próprios brasileiros.

 

PUBLICIDADE

Autor