PUBLICIDADE

Brasil desenvolve tecido capaz de eliminar o novo coronavírus por contato em até 99,9%

Tecido criado por pesquisadores brasileiros é capaz de matar vírus com chances de até 99,9%.

Durante os últimos meses, vários pesquisadores desenvolveram tecidos capazes de inativar o vírus da Covid-19. O Brasil teve um destaque no mês de junho, pela sua eficácia.

A Nanox é uma Startup localizada em São Paulo, a qual produz tecidos para fins de proliferação de bactérias e fungos. Atualmente, ela desenvolveu um tecido composto por algodão, poliéster e micropartículas de prata para combater o novo vírus.

PUBLICIDADE

Conforme dito pelo diretor da empresa, Luiz Gustavo Pagotto Simões, as micropartículas são capazes de oxigenar e destruir o vírus.

Depois de testado no instituto de ciências biomédicas de São Paulo, foi comprovado que o tecido aniquila o vírus em até 99,9% até dois minutos após contato.

Aplicação no dia a dia:

Ao sair de casa para realizar necessidades comuns da rotina, como ir ao mercado, por exemplo, você já pode ter contato com o vírus.

PUBLICIDADE

Com uma blusa deste tecido, se você toca em algum produto com a Covid-19 e passa na blusa, o material da peça de roupa desativa o vírus em 99,9%. Dessa forma, o contágio por contato poderá sofrer uma grande queda.

Que tipo de produto pode ser confeccionado?

O tecido é capaz de confeccionar diversas peças de roupas: jeans, como calças e jaquetas, camisetas, uniformes, roupas de academia, jaleco médico e qualquer roupa médica.

PUBLICIDADE

Durabilidade do tecido:

Conforme os resultados dos testes, o tecido aguenta até 30 lavagens até que o efeito que aniquila o vírus comece a ser prejudicado. Os pesquisadores estão procurando aumentar a durabilidade nas próximas confecções.

Custo do tecido:

Luiz Gustavo, diretor da empresa, prevê que os tecidos feitos com duas micropartículas de prata, algodão e poliéster, tenham um custo de 3% a 5% a mais do que os tecidos comuns vendidos em qualquer comércio.

Conforme dito pelo diretor, o tecido já está a venda e pode ser encontrado na grande São Paulo e no interior do estado.

 

PUBLICIDADE

Autor