PUBLICIDADE

Casados há 60 anos, casal de idosos de 80 e 85 anos morrem no mesmo dia por Covid-19 e filha diz: “A união deles foi até na hora da morte”

Os filhos disseram que seus pais era um casal muito unido, passaram os 60 anos dedicando-se um ao outro e a família.

Um casal de Pirapozinho, interior de São Paulo, Alcides Albano Gomes, de 80 anos, e Maria de Lourdes de Souza Gomes, de 85 anos, completaram 60 anos de casados no dia 5 de janeiro deste ano.

PUBLICIDADE

Os filhos afirmam que seus pais eram um casal muito unido, passaram os últimos 60 anos dedicando-se um ao outro e a família. Eles eram tão unidos, que os dois morreram no mesmo dia, vítimas da covid-19.

Alcides era natural de Marília, São Paulo, e Maria de Lurdes, natural de Aracaju, Ceará. Os dois se casaram, tiveram 4 filhos, 10 netos e 6 bisnetos.

Carlos Alberto, de 53 anos, segundo filho do casal, contou que o pai teve os sintomas da covid-19 primeiro. Ele passou a ter sintomas de gripe, febre e foi levado ao hospital da cidade. O médico relatou que era pneumonia, ele tomou medicações em casa, mas a febre não passou.

PUBLICIDADE

Com o tempo, precisou voltar ao Hospital Regional. No dia 30 de maio, deu entrada no hospital e foi direto para a UTI, precisando ser entubado.

Já a sua esposa, Maria de Lourdes, foi internada no hospital no dia 3 de junho. Primeiro ela foi no pronto-socorro de Pirapozinho e, em seguida, foi encaminhada ao hospital. Ao dar entrada na unidade, também foi para a UTI. Chegaram a realizar o teste rápido, mas deu negativo, então eles fizeram outro teste, o qual deu positivo para coronavírus.

PUBLICIDADE

Segundo os filhos do casal, eles não saíam de casa, apenas quando precisavam ir ao banco ou a farmácia. Eles tinham medo de pegar a doença, tomavam todos os cuidados necessários, usavam máscara, álcool em gel, limpavam a casa com água sanitária.

Uma das filhas, Regina Aparecida, de 45 anos, disse que eles tinham muito medo de pegar a doença, eles moravam sozinhos em uma residência e os filhos sempre visitavam os pais.

Os filhos relataram que o casal era muito unido, eles oravam juntos, saíam juntos, tomavam café juntos e sempre estavam próximos um do outro, não faziam nada separados.

No sábado, dia 27, o hospital ligou para os filhos avisando que Maria de Lourdes havia falecido. A tarde, veio a outra notícia, que Alcídes havia também falecido. Regina, filha do casal, disse que a união deles foi até a morte. Os filhos também disseram que, por não poder ter velório, parece mais difícil a perda, pois não se pode colocar nem a roupa que eles gostavam.

PUBLICIDADE

 

Autor