PUBLICIDADE

Casal que estava junto há mais de 40 anos morre por COVID-19 em um intervalo de 24h e filho desabafa: ‘Maldito vírus’

Eles faleceram.

Infelizmente, o Brasil foi um dos países mais atingidos pela pandemia da COVID-19. Milhares de pessoas perderam suas vidas por conta da doença. E os números continuam a aumentar. Muitas famílias sofreram com a perca de pessoas queridas. E recentemente, foi anunciada, a morte de mais um casal que morreu com pouco tempo de diferença, pelo contágio da doença.

PUBLICIDADE

Neli Teresinha Correa de Oliveira, de 65 anos, e Joaquim Soares de Oliveira, de 75 anos, estavam casados há cerca de 40 anos. Eles se contaminaram com a COVID-19 e não resistiram, morrendo com vinte e quatro horas de diferença. Eles residiam na região de Chapecó, em Santa Catarina.

O marido acabou falecendo sem saber que sua mulher também não conseguiu resistir.

O filho do casal, Márcio Adriano Côrrea, de 47 anos, ressalta que os dois eram muito felizes juntos e que enxerga que não iriam conseguir sobreviver um sem o outro.

PUBLICIDADE

Márcio ainda desabafou sobre a atual situação e o que o vírus causa na vida das pessoas, levando gente querida e amada. E o quanto o considera ‘maldito’.

No dia 17 de fevereiro, o casal apresentou os primeiros sintomas. Com às complicações, passaram a esperar por vagas na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e acabaram sendo transferidos para regiões diferentes, um indo para Maravilha e o outro para Criciúma.

PUBLICIDADE

Neli e Joaquim partiram deixando quatro filhos e três netos.

Márcio conta que toda a família vive uma situação muito complicada pela perca dos dois.

Autor