PUBLICIDADE


Como se não bastasse o terror vivido por ter sido infectado pela Covid-19, depois de vencer a doença idoso desenvolve como sequela doença autoimune

Os médicos disseram que isso se deve ao longo período de internação.

Muitos são os pacientes que após vencerem a covid-19 apresentam sequelas, Antônio Pissirili de 74 anos, foi diagnosticado positivo para o coronavírus, foi internado na UTI, precisou de oxigênio e venceu a doença, mas ele perdeu o movimento das pernas, o vírus causou uma doença. neurológica autoimune que pode levar à paralisia.

PUBLICIDADE


A doença é conhecida como síndrome de Guillain-Barré. Segundo informações do aposentado, ele havia gripado e apresentou sintomas da doença, fez o exame e deu positivo para covid-19, mas depois de vencer a doença passou a não sentir as pernas.

Os médicos disseram que isso se deve ao longo período de internação, isso paralisou as suas atividades, o aposentado disse que está sendo muito difícil, é gari aposentado, mas tem costume de caminhar todos os dias.

Senhor Antônio está fazendo fisioterapia e acredita que em breve estará melhor, uma médica fisiatra e presidente do Conselho Diretor do Instituto de Medicina Física e Reabilitação da Rede Lucy Montoro, conta que devido a experiência dos outros países o tratamento está bem avançado.

PUBLICIDADE


Algumas sequelas dos pacientes que venceram a doença estão na parte emocional, na memória e nas condições físicas, é diferente de um trauma de um AVC, mas de acordo com a médica, essa situação pode ser revertida com reabilitação em um período menor.

O idoso conta que se ele pegasse um copo com água o derrubava, se ele tentasse andar caia, mas está aprendendo as coisas mais simples, como andar e comer sozinho.

PUBLICIDADE


 

Autor