PUBLICIDADE

Covid-19: Cerca de 82 pessoas morreram por hora em dia de recorde do óbitos no Brasil

O Brasil está diante do pior momento da pandemia da Covid-19.

Nesta terça-feira (9), o Ministério da Saúde confirmou que nas últimas 24 horas 1.972 pessoas morreram vítimas da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

PUBLICIDADE

Este é o maior número de óbitos registrados no Brasil desde o início da pandemia o que mostra o descontrole do avanço da Covid-19 no país.

Foram cerca de 82 mortes por hora, o Brasil já ultrapassou o número de 268 mil mortes causadas pela Covid-19, o sistema de saúde está perto de um grande colapso em todo o país. Nas últimas 24 horas foram confirmados 70.764 novos casos, UTIs lotadas, filas enormes de pacientes a espera de um leito que para muitos nunca aconteceu.

Com este número de mortes confirmadas nesta terça-feira, o país registrou a maior média de mortes por dia, hoje o índice é de 1573 mortes, é o 14º dia consecutivo de recordes.

PUBLICIDADE

Com uma vacinação arrastada a imunização da maioria dos brasileiros ainda não tem uma data prevista. O Ministério da Saúde chegou a recusar uma oferta de milhares de doses de vacina da Pfizer no último mês de agosto de 2020, esta atitude mostra o descaso do governo federal que pautou o combate da pandemia da Covid-19 na política do negacionismo.

PUBLICIDADE

Em 24 horas 1.972 brasileiros morreram de maneira solitária, sofrível e se tornaram números que mostram a perversidade do desgoverno do Brasil. Vale ressaltar que este número é o oficial, ou seja, aqueles que foram notificados, contudo, nem todas as mortes entram nesta conta.

 

Autor