PUBLICIDADE

Covid-19: Governo Federal assina compra de 10 milhões de doses de vacina russa

O governo oficializou a compra de 10 milhões de doses da Sputnik V.

Depois do anúncio do Consórcio do Nordeste, de que havia expectativa de compra de 39 milhões de doses da vacina russa para hoje, o Governo Federal se adiantou e negociou com o Fundo Soberano Russo.

PUBLICIDADE

O governo oficializou a compra de 10 milhões de doses da Sputnik V e agora negocia a compra de mais doses. A compra de novas doses precisa ser negociada com o Fundo Russo e também com os governadores do Nordeste, que já estão avançados em negociação.

A compra coloca pressão sobre a Anvisa, que ainda não aprovou o uso da vacina russa. O imunizante, no entanto, já vem sendo usado em diversos países, inclusive na Argentina. Espera-se que o uso seja liberado em breve pela Anvisa para o uso no território brasileiro.

Neste momento, o governo brasileiro promoveu a vacinação de pouco menos de 5% da população brasileira. Muitas cidades já não tem vacina e até mesmo a segunda dose em alguns pacientes esta sendo ameaçada.

PUBLICIDADE

Com isso, os esforços para compra de novas doses se faz necessário. A vacina russa não vinha sendo considerada pelo governo federal, a exemplo de imunizantes de outros laboratórios também. Agora, no entanto, o governo ampliou a busca.

Há poucos dias, o país lidou com uma polêmica depois que a Pfizer revelou ter oferecido doses ao governo Brasileiro desde o ano passado, mas que a oferta foi recusada. A busca por novas doses virou uma corrida.

PUBLICIDADE

Autor