PUBLICIDADE


Criança de 8 anos luta para ter identidade trans: é uma menina no corpo de um menino

A mãe da menina disse que a filha até já entrou em depressão e que prefere morrer do que viver desta forma.

Lilie tem apenas 8 anos de idade, mas já lida com alguns problemas mais difíceis da vida adulta. Acontece que ela se considera uma menina e nasceu em um corpo de menino. O problema é que isso vem causando depressão na criança, que já nem quer mais viver nessa condição.

PUBLICIDADE


A criança até chegou a ameaçar tirar a própria vida, mas a família tem dado todo apoio e agora tenta encontrar uma forma para que a Justiça reconheça a sua nova identidade.

Christelle, mãe de Lilie, deu uma entrevista a uma emissora francesa e em rede nacional emocionou a todos ao contar o drama vem enfrentando. Ela disse que o filho caçula a abraçava durante a noite e dizia que não sabia se no dia seguinte estaria vivo, pois sua vontade era de se enforcar.

Foi então que ela perguntou o que o filho gostaria de mudar em sua vida para voltar a ser feliz e então ele contou que queria ter o corpo de menina, pois é assim que se sente. Baptiste recebeu total apoio da família e passou a se chamar Lilie, identidade esta que ainda não foi reconhecida pela Justiça.

PUBLICIDADE


A escola onde a menina estuda já adotou seu novo nome e informou que ela será chamada por Lilie para ter uma vida normal e mais tranquila dentro da unidade de ensino. A grande questão agora é que apenas maiores de 18 anos podem solicitar a mudança de nome.

No caso de menores, é preciso ter autorização dos pais e passar por uma avaliação psiquiátrica. Lilie teve o primeiro pedido recusado, mas seus pais prometem continuar insistindo até conseguir.

PUBLICIDADE


Autor