Deputado que apalpou seio de colega na Câmara recebe duro castigo do partido

A vítima deu seu depoimento oficial contando que essa também não foi a primeira vez que ela foi assediada pelo representante.

ANÚNCIOS

O deputado que criou uma grande polêmica tanto na TV quanto nas redes sociais, após ter assediado outra deputada, agora terá um duro castigo.

Fernando Cury foi gravado passando a mão pelos seios da deputada Isa Penna, do PSOL, durante uma assembleia, realizada na última quarta-feira, dia 16 de dezembro. Nessa última sexta-feira, dia 18 de dezembro, o político foi afastado do seu partido por conta de toda a polêmica do caso.

A vítima deu seu depoimento oficial contando que essa também não foi a primeira vez que ela foi assediada por Cury. Hoje até mesmo relatou mais duas mulheres que passaram pela mesma situação.

ANÚNCIOS

Em um comunicado oficial, o partido Cidadania afirmou que afastou o deputado de todas as suas funções e em todas as instâncias. Em depoimento, o acusado, Fernando Cury, relatou que foi informado pelo partido, mas que espera poder apresentar a sua versão dos fatos, bem como o seu direito de se defender.

Para relembrar, nas imagens gravadas pelas câmeras da Alesp, é possível ver Cury na direção da vítima, a deputada Isa Penna, passando a mão pelo seu seio e na sua cintura. Logo depois a vítima grita para que ele se afaste.

O afastamento do deputado irá acontecer até a conclusão do procedimento. A primeira reunião do conselho para que possa falar sobre o caso já aconteceu nesta sexta-feira, por volta das 8:30 da noite.

ANÚNCIOS

Cury terá um prazo de oito dias para poder apresentar a sua defesa, após a denúncia ser recebida pelo conselho. Uma das consequências de suas ações é que o grupo poderá decidir sobre a expulsão do deputado do partido.

Millena Carvalho

Estudante de Letras, apaixonada pela vida e pela arte. Comprometida com a seriedade em repassar informações verídicas e que enriqueça o conhecimento de nossos leitores.