PUBLICIDADE

Em carta Monique pinta Jairinho como monstro e se diz inocente, as diferentes versões da mãe de Henry

Monique Medeiros quer ser ouvida pela polícia novamente.

Na noite deste domingo (25), o ‘Fantástico’, trouxe à público a carta escrita na prisão por Monique Medeiros onde a mãe do garoto Henry Borel, de 4 anos, que morreu na madrugada do último dia 8 de março, conta uma versão diferente daquela que ela deu em depoimento na Polícia Civil do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Na missiva escrita por Monique ela admite que mentiu para a polícia e conta uma nova versão sobre a noite em que Henry foi morto e sobre como era sua relação com Jairinho. Em seu depoimento à polícia ela afirmou que vivia em uma espécie de conto de fadas, que o vereador era uma pessoa boa, que jamais tinha maltratado Henry e que viviam em harmonia.

Mas após ser presa, Monique que afirmou que nunca soube das sessões de tortura de Jairo contra Henry, trocou de advogados, afirma que viveu um relacionamento abusivo, que ela e sua família estavam sofrendo ameaças e que chegou a ser agredida algumas pelo ex-namorado.

ASSISTA O VÍDEO AQUI

PUBLICIDADE

As contradições são muitas, Monique havia dito que foi ela que encontrou Henry caído no chão e que Jairinho estava dormindo, mas ela também mudou esta versão. Confira os trechos da carta de Monique onde ela se contradiz:

1 – Agressões contra Henry

PUBLICIDADE

Em carta Monique diz que Henry foi agredido Foto Reproduo2 – Agressões contra Monique

Caso Henry Borel carta de Monique Medeiros parte 8 Foto Reproduo

3 – Remédios na noite que Henry foi assassinado

Monique escreveu que Jairinho passou a dar remdio para ela Foto Reproduo4 – Como Monique encontrou Henry já sem vida

PUBLICIDADE

Caso Henry Borel carta de Monique Medeiros parte 15 Foto Reproduo

A defesa de Jairinho afirmou que a carta escrita por Monique não passa uma ficção. Os advogados de defesa de Monique querem que a polícia aceite que a mãe de Henry preste um novo depoimento, mas até este momento não há previsão de que isso aconteça.

 

Autor