PUBLICIDADE


Estudante de 16 anos é encontrado sem vida e com sinais de tortura

Adolescente de 16 anos de idade é encontrado morto e apresentando sinais de tortura.

As notícias sobre mortes no Brasil têm sido realmente alarmantes nos últimos anos. As mais trágicas costumam envolver a morte de pessoas jovens, uma vez que tinham uma vida inteira pela frente. Os crimes contra adolescentes geralmente possuem um destaque ainda maior na mídia, por comoverem a população em razão do fator primordial de envolverem novas vidas em desenvolvimento.

PUBLICIDADE


A mais recente dessas notícias que tem causado uma grande comoção no país é a respeito de um estudante, um adolescente de apenas 16 anos de idade, que foi encontrado sem vida e com sinais de que foi torturado antes de ser assassinado.

O corpo do jovem foi localizado em uma região de mata, em uma zona rural que fica na cidade de Sorocaba, interior do estado de São Paulo. Os agentes da polícia chegaram até a localidade depois que foi realizada uma denúncia feita por moradores locais.

O menino, que por enquanto foi identificado apenas como Matheus, estava apresentando sinais de tortura antes mesmo de seu assassinato. Até o momento, não foram divulgados maiores detalhes sobre o crime, sendo assim, a motivação para tal ainda segue em investigação pela polícia.

PUBLICIDADE


Acima, você pode assistir a um vídeo com maiores detalhes sobre a reportagem do caso que foi destaque no Cidade Alerta, famoso programa da RecordTV. O apresentador Luiz Bachi fala sobre o crime e se mostra revoltado e indignado com tamanha barbaridade contra a vida de um adolescente.

PUBLICIDADE


Internautas ficaram comovidos com o caso e comentaram sobre o assunto. “Rosto desfigurado? Crime passional, raiva, ciúmes, pode escrever isso”, escreveu um deles. “Época difícil estamos vivendo”, foi o comentário deste outro internauta. Já outros ficaram revoltados com a atitude dos peritos: “Os peritos são bem porcos, deixando lixo na natureza”. “N entendo pq os peritos largam as luvas desse jeito”, disse esse outro internauta.

 

Autor