in , ,

Estudo mostra que sequelas da Covid-19 vão de “mofo no pulmão” a problemas no coração

A Covid-19 é uma das doenças que ninguém deseja pegar. Porém, ela se alastrou rapidamente pelo mundo, se transformando numa pandemia sem precedentes. E agora oferece risco até mesmo aos que estão curados do vírus, já que a cada dia saem mais pesquisas revelando possíveis sequelas da doença.

Alguns estudos recentes que investigam recém-recuperados da covid-19 mostram as sequelas que a mesma pode deixar nos pacientes. Confira abaixo mais informações sobre as possíveis complicações do pós da infecção.

Problemas cardíacos

Estudos publicados recentemente mostraram que, em um grupo de 100 pessoas, 78% delas apresentaram anomalia no coração depois de dois meses de recuperação da Covid-19. Uma inflamação no coração foi detectada em 60% dos pacientes com 70 dias após recuperação.

Os resultados são preocupantes, pois os pacientes analisados já estavam sendo considerados como saudáveis. Um outro ponto é que estes problemas cardíacos chegaram silenciosamente, isto é, sem apresentação de sintomas na maior parte dos casos.

Os resultados dessa pesquisa mostraram aos cientistas que a solução é estudar profundamente os danos que o Sars-CoV-2 causa no coração.

“Mofo no pulmão”

Uma revista publicou no inicio de julho uma pesquisa feita com 143 recuperados da doença na Itália. Dentre eles, 87,4% não se sentiam 100% recuperados, por motivos parecidos, como fadiga, falta de ar, dor nas juntas e no peito.

Como a covid-19 é uma doença recentemente descoberta, ainda não há estudos suficientes para relatar o tempo necessário para recuperação de cada paciente.

Existe também outro problema: os assintomáticos. Mesmo em quem já se infectou e não apresentou sintomas, as complicações podem ser desenvolvidas.

Diante de tais problemas, cientistas alertaram para que continuem a supervisionar recuperados por mais de dois meses. Porém, nenhum estudo atualmente é suficiente para solucionar estes casos.

Escrito por Laila Deolinda

Redatora a dois anos, levando informações, entretenimento e notícias verídicas ao público, com muita dedicação e clareza.