PUBLICIDADE

Flávio Bolsonaro pede que seus seguidores divulguem foto de seu pai defendendo vacinação

O senador divulgou uma foto onde vinculava a imagem do presidente a vacinação

Logo após o fim do discurso feito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que ele criticou a forma como o presidente Jair Bolsonaro vem agindo diante da pandemia do Covid-19, o senador Flávio Bolsonaro apareceu em uma lista de transmissão do aplicativo de mensagens Telegram pedindo que seus seguidores viralizassem uma foto de seu pai, com o texto ‘nossa arma é a vacina’.

PUBLICIDADE

Além de publicar a imagem no aplicativo de mensagens, Flávio também a postou em seu perfil oficial do Twitter, onde afirmou que nos próximos meses o governo irá vacinar dezenas de milhões de pessoas no Brasil contra o Covid-19.

Diante da publicação, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, aproveitou a situação para ‘cutucar’ o senador diante da mudança de postura adotada pelo governo em meio a pandemia, após meses em que defenderam o uso de medicação sem eficácia comprovada. Maia chegou a provocar com uma mensagem dizendo ‘sentiu’.

PUBLICIDADE

Durante um discurso que foi feito no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, Lula declarou sua posição contra Bolsonaro, a respeito do enfretamento da pandemia, e defendeu a vacinação. O ex-presidente ainda fez críticas ao negacionismo do presidente brasileiro.

Além disso, Lula também se mostrou a favor do uso de máscara durante seu discurso, e do distanciamento social para o combate contra a doença. O ex-presidente usou do momento para se mostrar a favor e fazer campanha a respeito da vacinação em massa dos brasileiros. O atual presidente no entanto, vem insistindo a respeito de um discurso contra as medidas restritivas para frear a pandemia.

PUBLICIDADE

 

Autor