PUBLICIDADE


Governo quer unir o Bolsa Família a auxílio emergencial

Governo pretende unir Bolsa Família com o Auxílio Emergencial; confira

O Ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, falou nesta última terça-feira, 9 de junho, que tem planos de reformular o programa social Bolsa Família e criar o programa chamado de Renda Brasil.

PUBLICIDADE


Esse projeto iria incluir os indivíduos que trabalham de forma informal e que atualmente estão recebendo o benefício do auxílio emergencial de até R$ 1.200 para mãe solteira e R$ 600 para trabalhadores informais, devido ao surto do vírus Covid-19.

Desta forma, os dois formariam uma união entre o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial.

Durante uma reunião no Ministério, com o atual presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, o ministro não chegou a dar muitos detalhes desse novo projeto que deve substituir o Bolsa Família, entretanto, ele falou do trabalho que o governo está tendo para finalizar o pagamento do Auxílio Emergencial.

PUBLICIDADE


Continua na próxima página

Vale citar que, diferente do Bolsa Família, o Renda Brasil também vai permitir que pessoas que não vivem na miséria, mas não possuem uma condição financeira mínima e estável, consigam usufruir deste auxílio.

PUBLICIDADE


O governo acredita que fazendo isso vai incentivar os cidadãos a progredirem em suas vidas, podendo melhorar suas colocações no mercado de trabalho, pois esta ajuda será apenas um complemento de renda.

De acordo com alguns deputados que foram ouvidos pelo jornal da O Globo, Paulo Guedes está bastante otimista com esse novo projeto social, além de dizer que o Brasil está conseguindo superar a crise do desemprego, chegando a comparar a nação com países de primeiro mundo como, por exemplo, os Estados Unidos.

Vale lembrar que os ministros do país estavam presentes e ficaram cientes das defesas do Paulo Guedes em relação aos novos projetos que estão tendo prioridade neste atual governo. Um deles são as medidas provisórias que estão em votação no Congresso.

O Ministro da Economia fez uma reunião de duas horas e, além de contar sobres seus projetos e propostas para melhorar a renda dos cidadãos brasileiros, Guedes também quis saber sobre as dúvidas dos parlamentares sobre os projetos que estão sendo criados.

PUBLICIDADE


Autor