PUBLICIDADE


Grupo de motoboys faz buzinaço em condomínio onde o entregador Matheus Pires foi humilhado

Revoltados, motoboys se reuniram e foram até o condomínio em Valinhos protestarem com um buzinaço.

O vídeo mostrando Matheus Pires sendo vítima de racismo em um condomínio em Valinhos, interior de São Paulo, causou revolta no país inteiro. Famosos e anônimos se uniram em um protesto nas redes sociais e saíram a favor do jovem entregador.

PUBLICIDADE


Mas um grupo de motoboys também quis protestar e vários motoqueiros se reuniram, na manhã deste sábado (08), e promoveram um buzinaço bem em frente ao condomínio onde Matheus Pires foi humilhado.

O ato em apoio ao jovem entregador aconteceu por volta das 9 horas da manhã no bairro Chácara Silvania, que é onde está localizado o condomínio. Organizadores deste buzinaço disseram que mais de 100 motoboys participaram deste movimento e fizeram questão de demonstrar apoio ao colega.

Gustavo Mourão, um dos organizadores do buzinaço, disse em entrevista ao portal UOL que a categoria resolveu deixar claro que ninguém irá fazer isso com os profissionais que trabalham duro todos os dias.

PUBLICIDADE


Foi no dia 31 de julho que o contabilista Mateus ofendeu o jovem entregador de 19 anos, afirmando que o rapaz teria inveja de sua família, chegando a apontar para a própria pele branca, em oposição a da cor de pele do menino, além de afirmar que Pires é um semianalfabeto. O entregador manteve a calma durante todo o tempo.

PUBLICIDADE


A Polícia Civil informou que até o momento não há nenhum inquérito aberto. O delegado Luís Henrique Apocalipse Joia disse que é preciso ter uma “representação da vítima para que isso possa acontecer”.

Autor