PUBLICIDADE


Homem não aceita fim do namoro de 2 meses, entra na casa da bombeira civil pelo telhado e mata mãe e filha

A bombeira civil e sua mãe foram atacadas enquanto dormiam.

Um crime difícil de acreditar deixa uma família devastada e a população de Pernambuco aterrorizada. O suspeito é o técnico de informática, Giovane, que não aceitava o fim do relacionamento de apenas dois meses com a bombeira civil, Talyta de Moraes Ribeiro, de 32 anos de idade.

PUBLICIDADE


Giovane invadiu a casa da ex-namorada pelo telhado e atentou contra a vida da jovem bombeira civil e de dona da casa, Rosane de Moraes Ribeiro, de 54 anos, mãe de Talyta.

Os dois corpos foram encontrados no chão da casa, segundo consta nos registros policiais. Também é possível afirmar que houve luta corporal, de acordo com os mesmos registros. O agressor está preso e à disposição da justiça.

Vizinhos relataram que ouviram gritarias e sentiram um cheiro muito forte de gás. Porém, contaram que ficaram com medo de entrar na casa para ver o que acontecia. Foi então que acionaram a polícia.

PUBLICIDADE


Talyta era muito querida e respeitada na região, principalmente por fazer parte de uma equipe de resgate que trabalhava com a missão de salvar vidas. Sua morte causou muito pesar e grande repercussão nas redes sociais em todo o país. Além disso, vale lembrar que mãe e filha haviam acabado de realizar o sonho da casa própria.

Homem invade casa da ex pelo telhado e mata me e filha - RecordTV - R7 Cidade Alerta

PUBLICIDADE


Dias antes do crime acontecer, Talyta havia feito uma publicação em sua rede social dizendo que estava sendo perseguida e que já não sabia mais o que fazer. Ainda assim, a bombeira não prestou queixa na delegacia.

Autor