PUBLICIDADE


Incrível! Cães são treinados por cientistas para detectar o novo coronavírus pelo cheiro

Conheça esta incrível descoberta e os estudos que estão sendo feitos com cães.

Novos aliados contra o novo coronavírus estão sendo estudados. Os cães farejadores estão sendo treinados para detectarem pessoas com coronavírus.

PUBLICIDADE


Os cientistas da Universidade da Pensilvânia estão estudando o caso, onde os animais podem ser grandes aliados para descobrir e combater a doença.

Segundo informações divulgadas pelo Washington Post, o estudo está acontecendo com 9 cachorros, onde já estão na fase de detectar o vírus pela urina dos pacientes que testaram positivo para o coronavírus.

É esperado pelos pesquisadores que os cães possam examinar cerca de 250 pessoas por hora, sendo a sua taxa de acerto maior que os testes rápidos que vem sendo feitos na população.

PUBLICIDADE


Os responsáveis pelos testes relatam que a demanda para um resultado positivo é muito alta, mas que mesmo estando esperançosos, querem ter certeza que o teste é seguro e comprovado.

PUBLICIDADE


Como funciona?

Quando a pessoa está com o novo coronavírus, as reações da doença também mudam o odor do corpo humano, o qual o cachorro é capaz de identificar.

A teoria do treinamento dos cães já é utilizada há muitos anos, onde se sabe que as doenças e infecções mudam nosso cheiro e esses animais são capazes de identificar algo diferente em nosso odor.

Os cachorros possuem mais sensores de cheiros do que os seres humanos, chegando até mesmo a 50 vezes mais.

Além disso, hoje em dia, estes animais já são usados na medicina para detectar vários tipos de doença, como a diabetes, malária, câncer, e também infecções e viroses.

PUBLICIDADE


 

Autor