PUBLICIDADE


‘Já já tudo vai ser esclarecido’: mesmo sendo alvo de investigação, áudio de Flordelis convoca fiéis a comparecer em evento da igreja

Há pelo menos 1 dia, circula em grupos de compartilhamento um áudio onde a deputada federal investigada pela morte do marido, Flordelis, aparece convocando os fiéis para participar de um culto.

Há pelo menos 1 dia, circula em grupos de compartilhamento um áudio em que a deputada federal investigada pela morte do marido, Flordelis, aparece convocando os fiéis para participar de um culto. “Tudo vai passar“, ela afirma no áudio.

PUBLICIDADE


Flordelis é alvo de uma larga investigação que procura elucidar a morte do pastor Anderson do Carmo, com quem a deputada federal era casada. De acordo com a investigação, Flordelis foi mandante no homicídio e teria usado seus filhos para cometer o crime.

Pelo crime, o Ministério Público denunciou formalmente 11 pessoas. Foram 6 filhos, uma neta e a própria deputada, além de outros suspeitos indiciados. Flordelis já se tornou réu na Justiça pela suspeita de envolvimento.

De acordo com as apurações, Flordelis comandava uma “associação criminosa” fazendo uso de uma “fachada religiosa”. Testemunhas também foram ouvidas pela polícia e os depoimentos constam no processo.

PUBLICIDADE


Uma das testemunhas chegou a classificar Flordelis como “psicopata gananciosa”. A polícia também tenta traçar o perfil do pastor Anderson do Carmo, para entender quais foram as circunstâncias que cercaram o crime. Anderson foi chamado de “ganancioso” por uma das testemunhas.

Investigadores afirmam também que o plano para a morte de Anderson do Carmo vinha sendo orquestrado há pelo menos um ano e que ele já havia sido vítima de envenenamento antes, chegando a dar entrada em hospitais com sintomas de intoxicação.

PUBLICIDADE


Flordelis foi inciada por 5 crimes até o momento: tentativa de homicídio, uso de documentos falsos, falsidade ideológica, organização criminosa e homicídio triplamente qualificado.

Autor