Jovem de 18 anos é preso acusado de matar o pai e assume o crime, mas alega que estava tentando proteger a namorada de uma tentativa de abuso

O corpo foi encaminhado ao IML e exames constataram que o homem havia morrido em decorrência de traumatismo craniano.

ANÚNCIOS

A polícia investiga um crime bárbaro envolvendo pai e filho, em Taubaté, São Paulo. Um rapaz de 18 anos acabou sendo preso, acusado de matar o próprio pai e ainda queimar o corpo. O jovem acabou confessando o crime, mas apresentou sua versão para os fatos.

A Polícia Militar foi acionada depois de que um corpo carbonizado foi encontrado próximo a Quiririm. O corpo foi encaminhado ao IML e exames constataram que o homem havia morrido em decorrência de traumatismo craniano.

O rapaz foi localizado com a namorada, uma jovem de 17 anos, em um carro roubado numa cidade vizinha. O jovem acabou confessando que pretendia queimar a caminhonete manchada de sangue, que pertencia ao pai, e fugir para Minas Gerais com a namorada.

ANÚNCIOS

O caso está sendo investigado e a identidade dos envolvidos está sendo preservada, em função do envolvimento de uma menor de idade. O rapaz, de 18 anos, afirma que matou o pai para proteger a namorada, que estava sendo alvo de uma tentativa de abuso.

O rapaz afirma que acertou o pai com um pedaço de madeira na cabeça. O homem teria morrido na hora e caído inconsciente no chão. O casal então usou a caminhonete da vítima para levar o corpo até a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, onde ateou fogo.

O jovem acabou preso por homicídio qualificado e furto, já tendo sido encaminhado a penitenciária. A namorada, que é menor, a princípio não teve envolvimento direto na morte do pai do rapaz e, por isso, foi ouvida e liberada.

Foto do autor
Roberta R
Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.

Publicado em: