PUBLICIDADE


Jovem que foi sequestrada na frente de casa é encontrada morta; corpo estava com sinais de agressões

Crime gerou pânico entre mulheres da região, mas polícia não trabalha com hipótese de crimes em série.

Um crime chocante vem perturbando moradores de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Uma jovem de 25 anos foi sequestrada na frente de casa e agora foi encontrada morta no mesmo bairro onde morava. A polícia ainda investiga o crime.

PUBLICIDADE


Toda a história apurada até aqui tem tirado o sono de moradores. Carla Santana Magalhães saiu de casa para ir no mercado, mas quando estava passando pela casa da vizinha, a poucos metros do portão de casa, acabou sendo sequestrada e nunca mais foi vista com vida.

A mãe da jovem conta que estava em casa e conseguiu ouvir os gritos de socorro da filha. Carla conseguiu gritar e contar para a mãe que estava sendo sequestrada e colocada dentro de um carro. Aflita, a mãe correu para o portão, mas já não haviam rastros da filha.

O sequestro ficou ainda mais preocupante porque os criminosos deixaram o telefone da jovem para trás, que foi encontrado pela mãe. Isso indicava que eles não tinham interesse em bens materiais, mas realmente em fazer algo de ruim com a jovem.

PUBLICIDADE


A família de Carla confirmou a morte da jovem. Carla foi encontrada na calçada de um comércio da região, em Tiradentes, mesmo bairro onde morava. As informações preliminares apontam que a jovem foi morta e jogada sem roupa.

O corpo foi encontrado por familiares da jovem, um tio e um primo, que saiam para trabalhar. Carla foi jogada na rua sem roupas e com sinais de esganadura. A família não conseguiu comentar o caso.

PUBLICIDADE


O caso tem intrigado a polícia local que trabalha com algumas hipóteses. Até agora, não se sabe se Carla era o alvo desde o princípio ou se seu sequestro foi aleatório. Amigos e pessoas próximas a jovem acreditam que o ex-parceiro da jovem tenha envolvimento.

Algumas amigas afirmam que o ex da jovem, de 56 anos, vinha demostrando estar incomodado com o novo relacionamento de Carla. Até agora, no entanto, a polícia não divulgou novas informações.

Autor