PUBLICIDADE

Juliette vai aos prantos em homenagem à mãe: ‘Mainha, te amo, fica em casa’

A sister é a mais querida pelo público.

Juliette está bastante sensível nos últimos dias, a sister que já havia derramado muitas lágrimas durante o castigo do monstro, voltou a se emocionar fortemente em uma homenagem que aconteceu dentro da casa mais vigiada do Brasil, nesta segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher.

PUBLICIDADE

Durante uma ação promovida por um dos patrocinadores do BBB21, as mães e as mulheres dos confinados foram homenageadas. Quem comandou a homenagem foi a ex-bbb Thelma, campeã do BBB20.

Quando a mãe de Juliette foi citada, Thelminha revelou que a progenitora da sister começou a trabalhar com apenas 8 anos de idade, uma mulher guerreira que está aprendendo a ler e a escrever com a ajuda da advogada.

Juliette ficou muito emocionada, a advogada é de origem simples, que estava dependendo do auxílio emergencial para sobreviver até entrar para a vigésima primeira edição do Big Brother Brasil, no conseguiu conter a emoção.

PUBLICIDADE

Aos prantos ela gritou que amava a mãe e pediu que ela fique quietinha em casa por causa da pandemia da Covid-19, mal a paraibana sabe que o Brasil está vivendo o pior momento da pandemia.

Depois que Juliette foi se acalmando, ela conseguiu explicar para os colegas de confinamento que sempre se preocupou muito com a mãe, com medo de que ela possa se contaminar com a Covid-19, já que ela está no grupo de risco. A sister também revelou que a mãe viu a melhor amiga morrer por causa da doença poucos dias depois de receber o diagnóstico.

PUBLICIDADE

 

Autor