PUBLICIDADE

Laudo aponta causa da morte de menino de 6 anos que os pais trancavam dentro do armário

A criança foi encontrada sem vida, presa em um armário de sua própria casa

Em tempos de quarentena, vemos o quão importante é a família e o cuidado consigo mesmo e o próximo. Nesses dias difíceis é que percebemos o quanto poderíamos ter aproveitado do nosso tempo livre com as pessoas que amamos.

PUBLICIDADE

Entre as diversas notícias que tem circulado nas redes sociais, temos as tragédias e os maus tratos que tem se intensificado durante este período em que passamos mais tempo em casa. A história do pequeno Deshaun não é diferente.

A criança, de apenas 6 anos de idade, morreu após estar trancado em um armário de sua casa, no Arizona, Estados Unidos. O pequeno Deshaun Martinez foi trancado no armário pelos próprios pais. Além dele, o seu irmão mais velho também era obrigado a ficar preso.

As duas criança ficavam trancadas por cerca de 16 horas por dia. Deshaun faleceu de fome, no início do mês de março, entretanto a autopsia de seu corpo apenas foi liberada recentemente, dando prosseguimento ao caso.

PUBLICIDADE

Continua na próxima página

O menino foi encontrado morto e pesava o mesmo de quando tinha apenas 1 ano de idade, cerca de 8 quilos, agora em estado completo de subnutrição.

PUBLICIDADE

Os pais da criança, Elizabeth Archibeque e Anthony Martinez, e a avó, Ann Martinez, foram acusados de abuso de crianças, sequestro e assassinato. Eles se declararam como inocentes. A mãe do pequeno declarou que ele foi “muito alimentado”, porém, não ganhava peso. Já o pai falou que o orçamento era limitado para comprar comida.

O médico legista relatou que a criança tinha um “estado de fome que não sustenta vida”, disse o profissional. Exames mostraram que seu corpo estava com quase zero de porcentagem de gordura, sua pele estava ressequida e os cabelos quebradiços.

Até o fim do mês de julho, os promotores irão investigar e decidir se a pena de morte deverá ser aplicada neste caso.

PUBLICIDADE

 

Autor