PUBLICIDADE

Mãe é presa no Rio de Janeiro por suspeita de maus-tratos, após seu bebê dar entrada no hospital com várias fraturas

Os médicos afirmaram que a criança apresentava sinais claros de maus-tratos e que aquele caso deveria receber uma atenção especial.

Um caso inacreditável aconteceu na cidade de Duque de Caxias, que fica na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Uma mulher foi presa na manhã da última sexta-feira (3) depois que seu filho, um bebê de apenas 1 mês, deu entrada no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, com fraturas nos braços e nas pernas.

PUBLICIDADE

A equipe de saúde que atendeu o bebê percebeu que aquelas lesões não condiziam com o relato da mãe da criança. Eles então chamaram os agentes da delegacia Campos Elíseos, que estiveram no local e receberam a denúncia da equipe de saúde, que repassou o caso para a assistência social do hospital.

Os médicos afirmaram que a criança apresentava sinais claros de maus-tratos e que aquele caso deveria receber uma atenção especial. A mãe conversou com a assistente social do hospital onde levou a criança e disse que o bebê havia caído no banheiro, fato que ficou improvável diante da gravidade das lesões.

Os médicos examinaram a criança e perceberam que a mãe estava mentindo, por esse motivo, o caso foi passado para a assistente social, que chamou a polícia.De acordo com informações da Polícia Civil, o pai da criança também teria sido ouvido e ficou muito surpreso em saber que a criança estava com várias fraturas, apesar de ter dito que a mãe cuidava bem da criança.

PUBLICIDADE

A cunhada da mulher também afirmou que ela era cuidadosa com a criança. A direção do hospital informou que o bebê continua internado e está sob cuidados médicos, mas com a saúde estável e sem correr nenhum risco de vida.

Se forem confirmados os maus-tratos, os pais poderão perder a guarda da criança. De acordo com os médicos, eram fraturas múltiplas pelo corpo da criança, incluindo também os braços e as pernas do bebê.

PUBLICIDADE

São muitas as crianças que sofrem maus tratos em todo o mundo, pequenos inocentes que não tem como se defender, vivem à mercê da sorte e da maldade de pessoas que deveriam cuidar e amar, além de protegê-las.

 

Autor