PUBLICIDADE

Maria Beltrão chama atenção de colega que mexia no celular no programa

Maria diz que repetir até papagaio repete

Maria Beltrão, jornalista e apresentadora do programa “Estúdio i”, da GloboNews, deu literalmente uma bronca em seu colega durante a programação.

PUBLICIDADE

A jornalista estava falando sobre pessoas que apoiavam atos antidemocráticos, quando percebeu que o colega estava olhando muito para baixo. Sem pensar duas vezes a jornalista deu aquela “bronca de professora”.

Ela perguntou ao colega se ele daria atenção a ela ou continuaria olhando para baixo como se a mesma não estivesse ali. Imediatamente, ela foi rebatida pelo colega que disse que repetiria tudo o que ela já havia dito, mas a jornalista não deixou por menos e revidou, dizendo que repetir não é digerir e que até papagaio repete.

Além disso, a apresentadora chegou a relatar sua experiência como professora de primário. Ela conta que quando alguns alunos diziam que poderiam repetir tudo o que ela havia dito, ela deixa bem claro que repetir algo não quer dizer que entendeu claramente.

PUBLICIDADE

Ademais, Guedes, o colega de trabalhou, levou a bronca na brincadeira e alegou que dali em diante prestaria bastante atenção na jornalista, que nem se quer piscaria, ficaria olho no olho. Os dois riram da situação e continuaram com a programação normalmente.

Nas redes sociais, os dois seguiram brincando com os internautas, que não deixaram o episódio passar em branco. A jornalista diz em um de seus comentários com os internautas que havia enquadrado o amigo.

PUBLICIDADE

Guedes, mostrando obediência à colega de trabalho, rebateu o comentário com uma imagem em que se vê um homem “escondido” atrás de uma janela.

De acordo com o jornalista, o rapaz seria ele toda vez que recebe bronca de sua amiga. Outros jornalistas também entraram na brincadeira e até disseram que nunca mais mexeriam em seus celulares quando estivessem ao lado de Maria Beltrão.

Desde o início do isolamento social, em razão do coronavírus, o consumo de internet aumentou consideravelmente.

Autor