PUBLICIDADE


Modelo de 26 anos encontrada no Rio de Janeiro não estava desaparecida há um ano, afirma família

Eloísa Fontes, modelo de 26 anos, foi encontrada por policiais enquanto vagava pelo Morro do Cantagalo, no Rio de Janeiro.

Eloísa Fontes, modelo de 26 anos, foi encontrada por policiais enquanto vagava pelo Morro do Cantagalo, no Rio de Janeiro. A jovem foi levada ao hospital e agora está recebendo tratamento. No dia 7, foi noticiado que ela estava desaparecida há um ano.

PUBLICIDADE


No entanto, a família da modelo falou ao Metrópoles e negou a informação. De acordo com familiares, Eloísa ficou alguns dias sem dar notícias, mas não estava desaparecida. Eles afirmam que ela ficou apenas longe da mídia.

Daniel Rocha, cunhado da jovem, afirma que Eloísa mantém contato com seus parentes, mas sofre de problemas psiquiátricos e também é dependente química. Os problemas dificultam o contato entre a modelo e a família em alguns períodos.

Eloísa é natural do Alagoas. Rocha é casado com a irmã de Eloísa e os dois levam uma vida simples em Piranhas, no Alagoas, onde trabalham com frete. A mãe dela também vive por lá, mas viaja a Uberlândia (MG) e também ao Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE


Parte da família vive em Minas Gerais as idas da mãe ao Rio são para tentar ajudar Eloísa. De acordo com Francisco Assis, que é conhecido pelos parentes e auxiliou nas buscas, desde junho que Eloísa não dava informações precisas.

A jovem tem sofrido episódios de surto e nos último meses deu entrada em hospitais da cidade algumas vezes, até ser encontrada. Assis confirma que ela estava em situação de rua e corria risco de vida.

PUBLICIDADE


Autor