in ,

Moradores de várias regiões de Niterói dão show de solidariedade em meio a pandemia

Desde que as medidas de isolamento foram tomadas como forma de combate a pandemia de coronavirus, muitas pessoas viram a rotina mudando de maneira radical para algo que ninguém nunca imaginou. Niterói, com os decretos municipais e estadual, vem enfrentando a a pandemia conforme é recomendado pelas organizações de saúde nacionais e internacionais.

Várias medidas foram implantadas pela prefeitura como forma de combate, desde de o isolamento até a higienização de ruas por vários bairros da cidade. Além disso, várias medidas sociais foram adotadas para garantir que as pessoas que tivessem sua rotina profissional abalada pelas medidas não passassem por necessidades em casa, tendo pelo menos o suficiente para manter a dignidade.

Claro que mesmo com todas as iniciativas públicas, ainda existem pessoas que muitas vezes vão enfrentar dificuldades para manter a família assistida durante o período de isolamento. Por isso, é sempre importante poder contar com a ajuda e parceria das pessoas que fazem valer a máxima “um por todos e todos por um”.

Abaixo, alguns exemplos de gente fazendo o bem em Niterói que merecem os parabéns!

A casa do biscoito em Icaraí decidiu fazer atendimento domiciliar através do telefone da loja, mas também começou uma iniciativa para atender as pessoas que não tem condições de comprar. Como iniciativa de páscoa, a loja manteve uma mesa onde alimentos eram disponibilizados gratuitamente para pessoas que precisassem.

A Padaria Mega Mix, em Santa Bárbara, teve a mesma iniciativa com itens de  cesta básica, pão e legumes. A mesa é colaborativa, quem tem pode deixar itens e, quem não tem, pode levar sem nenhum custo.

Em Itaipu, moradores estão em parceria com a loja Boca dos Parafusos para manter uma mesa com a mesma iniciativa. Os itens, como pode se ver nas imagens, são de cesta básica e não perecíveis.

No Engenhoca, uma mesa recebe doações para a produção de quentinhas que serão distribuídas a moradores em situação de vulnerabilidade nos arredores do bairro.

Além das iniciativas privadas, muitas instituições tem feito campanhas para a arrecadação e doação de alimentos. Exemplo disso, é arquidiocese de Niterói, que realiza campanha através de suas pastorais sociais. Segundo o site da Arquidiocese, já foram distribuídas 320 cestas básicas, 200 quentinhas e 500 kits-higiene.

Escrito por Roberta Reis

Procuro dar preferência a redação de notícias políticas, sociais, curiosidades, casos inusitados e notícias positivas.

Como continuar doando sangue durante a pandemia do novo coronavirus em Niterói

Prefeito Rodrigo Neves apela responsabilidade da população, divulga imagens de hospitais e afirma “não é mentira”