PUBLICIDADE

Morre Levy Fidelix, político que tentou 10 candidaturas e nunca foi eleito

O PRTB comunicou, através de nota divulgada à imprensa, a morte de Levy Fidelix.

O PRTB comunicou, através de nota divulgada à imprensa, a morte de Levy Fidelix. O político era presidente nacional da legenda e ficou famoso por propor o “aerotrem”, como meio de transporte público.

PUBLICIDADE

De acordo com informações apuradas pelo G1, Fidelix estava internado em um hospital particular desde março. A causa da morte não foi informada pela família, Fidelix deixa a mulher e uma filha, ambas também tem carreira política.

Fidelix já tentou 10 candidaturas, mas nunca foi eleito. Por 3 vezes tentou ser deputado federal, em duas oportunidades tentou ser governador, foram duas candidaturas a presidência da República e três candidaturas a prefeito de São Paulo.

PUBLICIDADE

Fidelix fundou o PRTB, sua esposa é vice-presidente do partido e a filha, Lívia, também já tentou se eleger deputada em 2018, mas não conseguiu. Nos últimos anos, Fidelix apoiava publicamente Bolsonaro e o vice, Hamilton Mourão, que é filiado ao PRTB.

Levy começou a carreira como publicitário, seguindo sua formação em Comunicação Social. No começo da carreira, trabalhou em jornais como “Última Hora” e “Correio da Manhã”, além de ter co-fundado revistas como “O Poder” e “Governo e Empresa”.

PUBLICIDADE

Em 2014, quando tentou a presidência, Fidelix polemizou ao atacar a comunidade LGBT durante a campanha. Já em 2018, afirmou ter mudado seu posicionamento e declarou que “ficou para trás”, em vídeo do MBL onde exaltava as diferenças e condenava a discriminação. Fidelix chegou a ser condenado a pagar multa pelas declarações de 2014.

 

Autor