PUBLICIDADE


Mourão bate de frente com Bolsonaro e dá veredito sobre a vacina contra a Covid-19

Mourão contradiz Bolsonaro e surpreende a todos; o vice-presidente faz afirmações sobre a vacina contra o novo coronavírus; entenda.

Em uma publicação feita no dia 30 de outubro, o vice-presidente Hamilton Mourão, fez uma revelação que contradiz as palavras do então presidente, Jair Messias Bolsonaro.

PUBLICIDADE


De acordo com Mourão o governo vai sim comprar a tão falada vacina contra o novo coronavírus, a qual está sendo desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac. A pesquisa desta vacina tem parceira com o instituto brasileiro, Butantan.

Mourão relatou que o Butantan já está a todo vapor com recursos para poder reproduzir a vacina e ainda afirmou que os líderes políticos não poderão “fugir disso”.

A entrevista concedida por Mourão e suas declarações vão contra ao que o Bolsonaro estava afirmando. O presidente havia declarado que não iria comprar a vacina e até mesmo cancelou o acordo realizado pelo Ministério da Saúde, a fim de comprar 46 milhões de doses do imunizador denominado Coranavac.

PUBLICIDADE


Além disso, Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria, estão em um incessante debate sobre a imunização ser ou não obrigatória para toda a população.

PUBLICIDADE


O governador diz que a vacina deve sim ser compulsória. Em contrapartida, Bolsonaro alega que a vacinação contra a doença não será obrigatória para a população, defendendo o direito de escolha de cada cidadão. Vale lembrar que Doria e o presidente estão em disputa política e frequentemente surgem na mídia discussões entre os dois representantes.

Gostou da matéria? Compartilhe com seus amigos e continue nos acompanhando para ficar sempre por dentro do que acontece no Brasil e no mundo.

Autor