PUBLICIDADE

Mulher morre de covid-19 depois de perder a filha, de 27 anos, e o marido em menos de 24h

A família é de Dracena, em São Paulo, e a tragédia foi confirmada pela própria prefeitura.

Izabel Gussoni Pereira foi mais uma membro da família Gussoni Pereira a perder a luta contra a covid. Antes, ela já havia recebido a notícia da morte do marido, de 64 anos, e da filha, de 27 anos.

PUBLICIDADE

A família é de Dracena, em São Paulo, e a tragédia foi confirmada pela própria prefeitura. A primeira a morrer foi a filha do casal, Ana Carolina Gussoni Pereira. A jovem tinha apenas 27 anos e trabalhava na Secretaria de Saúde da cidade. Ela morreu no dia 17 de fevereiro, depois de passar 7 dias internada na Santa Casa de Dracena.

Já no dia seguinte, o pai dela não resistiu as complicações da doença. Ele tinha diabetes, hipertensão e era obeso, todos considerados fatores de risco para a doença. João Carlos Pereira morreu no dia 18, no Hospital Regional, em Presidente Prudente.

Izabel estava internada desde o dia 9 de fevereiro, na Santa Casa de Misericórdia de Dracena. Ela tinha 63 anos e morreu no último dia 10 de março devido as complicações da doença. Não foi divulgado se ela sofria de comorbidades.

PUBLICIDADE

A prefeitura de Dracena emitiu nota confirmando e lamentando a morte da família. Dracena já superou o número de 100 mortes pela doença, Izabel foi a 107º morte confirmada. A prefeitura faz campanhas de conscientização.

“Chamamos atenção para o número de mortes que está aumentando. Então previna-se e a quem você ama também! Não aglomere, higienize as mãos e use máscara!!!”, alertou a prefeitura.

PUBLICIDADE

Autor