Mulher que deu à luz entubada morre vítima da Covid-19 e não conhece a filha recém-nascida

A gestante foi internada na UTI e o parto foi prematuro, pois o quadro da mãe estava agravando.

Anúncios

Neste último sábado, dia 26, morreu Daiana Stefhanne Costa, aos 33 anos, após travar uma dura batalha contra a Covid-19. Ela era professora da rede municipal de Curitiba e após ser infectada pelo novo coronavírus apresentou os sintomas graves da doença.

Stefhanne foi internada no Hospital Vita e logo foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo, pois seu quadro agravou rapidamente. Ela estava grávida e deu à luz ainda intubada, mas morreu sem conhecer a filha, que nasceu prematura e recebeu o nome de Catarina Vitória.

Anúncios

A menina nasceu no dia 3 deste mês e o caso teve repercussão nacional, pois Stefhanne estava intubada quando deu à luz, mesmo assim a pequena Catarina nasceu saudável, mas continua internada porque nasceu pesando somente 1,5 kg.

O corpo da professora foi sepultado na tarde de ontem no Cemitério Com Jesus dos Passos e a família estava inconsolável, muitos não acreditavam que a professora que tinha apenas 33 anos havia morrido sem conhecer a recém-nascida. Stefhanne deixou outra filha, de 11 anos.

Anúncios

O marido de Stefhanne também testou positivo para Covid-19, mas ele não apresentou os sintomas graves da doença e agora conta com o apoio de todos familiares e amigos para superar este momento tão difícil.

Helton sabe que precisará ser forte para criar as duas filhas, mas pessoas mais próximas disseram que ele está arrasado e não sabe como fará sem a esposa, pois eram muito unidos.

 

Foto do autor
Russel Morais
Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.

Publicado em: