PUBLICIDADE


Mulher que ficava ‘rosnando’ e tentou arrancar partes íntimas de homem a mordidas acaba se dando mal

A suspeita chegou a atacar um homem enquanto estavam juntos em um quarto de hotel, ela acabou sendo presa.

O caso da mulher que ficou “rosnando” e até “urrando”, além de morder as partes íntimas de um homem está próxima de ser desvendado, pois na Flórida, Estados Unidos, a polícia já encontrou a suspeita e ela foi presa.

PUBLICIDADE


Os agentes disseram que localizaram finalmente a mulher que atacou um homem em um quarto de hotel, deixando-o com graves ferimentos, ele foi socorrido e agora segue em recuperação.

A mulher tem 29 anos, se chama Priscilla Vaughn e está sendo acusada de tentativa de homicídio. Ela ainda poderá responder por privação de liberdade, conforme consta no relatório policial.

Na madrugada em que o crime aconteceu, a policia foi acionada pelos funcionários de um hotel em Orlando e enviou uma viatura até o local. O homem estava gravemente ferido e um dos policiais contou que a mulher ficava “gritando e rosnando”.

PUBLICIDADE


Um funcionário do hotel também contou que viu a mulher rosnando e querendo atacar os policiais, enquanto o quarto estava todo revirado. O homem de 30 anos estava com graves ferimentos devido às mordidas pelo corpo.

Os investigadores acreditam que o sujeito ficou conhecendo a mulher através de um site de relacionamentos e então combinaram de se encontrarem no hotel, onde chegaram a consumir bebida alcoólica e também droga.

PUBLICIDADE


A vítima alegou que o ataque começou enquanto se relacionavam e que a mulher era muito forte, então não conseguiu se defender. Evette Mays estava no quarto ao lado e, ao ouvir os gritos, informou à gerência do hotel.

 

Autor