in

Niterói já foi cenário para vários filmes do cinema nacional, você sabia?

Niterói é uma cidade de muito charme e particularidade e, como não podia deixar de ser, já emprestou suas ruas e paisagens para a gravação de filmes. Além disso, muitas produções da TV também já gravaram suas cenas em território niteroiense, mas vamos focar nos filmes por enquanto. Você seria capaz de listar pelo menos 5 filmes do cinema que foram gravados em Niterói?

Muito provavelmente, o primeiro a saltar na memória é o longa Minha Mãe é uma Peça. Desde 2013, quando saiu o primeiro volume da série, o filme caiu no gosto do Brasil e chegou ao seu terceiro filme da série em 2019. Algumas das regiões filmadas são Icaraí e a praia de Icaraí, bem como o Campo do São Bento e a Orla de Boa Viagem. Paulo Gustavo, a estrela por trás do filme, é natural da cidade e por isso dispensou cerimônias na hora de escolher os locais onde gravaria as cenas.

Outro grande conhecido do público brasileiro, o filme Tropa de Elite contou com a gravação de uma cena em Niterói no segundo filme da série. Uma equipe de mais de 100 pessoas entrou na madrugada de Niterói filmando uma cena de ação, em rua próxima da Cantareira. Entre o Centro e o bairro de São Domingos, a cena contou com sequências de carro e tiro.

O não tão conhecido pelo público brasileiro, Panteras Negras, de 1968 escolheu o litoral da cidade como cenário. O surpreendente dessa história é que se trata de um filme sueco. O título original Svarta Palmkronor teve direção de Lars-Magnus Lindgren e contou com a atuação de Max von Sydow e Bibi Andersson. Em vários momentos do filme, é possível ouvir português sendo falado ao fundo.

Inspirado no livro de José de Alencar, o filme foi lançado em 1996 e conta com atuação de alguns atores conhecidos como Glória Pires e Márcio Garcia. A Fortaleza de Santa-Cruz serviu de locação para algumas das cenas do filmes. O local é um recorrente no quesito locação para grandes produções. Em 1999, por exemplo, a produção da novela Terra Nostra também usou das instalações da Fortaleza.

Baseado no clássico de Lima Barreto, “O triste fim e Policarpo Quaresma”, o filme foi lançado em 1998. Com Paulo José, Chico Diaz e Giulia Gam, a obra também usou a Fortaleza de Santa Cruz para algumas de suas cena. Outros prédios históricos também serviram de locação, como a Casa Rui Barbosa no centro do Rio de Janeiro.

O longa “É Proibido Proibir” é um longa de lançamento brasileiro, mas que contou com uma iniciativa internacional entre Chile, Espanha e Brasil. Com Caio Blat, Alexandre Rodrigues e a atriz Maria Flor no elenco, o filme conta a história de um trio de amigos que se desenvolve entre paixões e desencontros. A maior parte do filme usou o Rio de Janeiro como cenário, mas algumas cenas foram gravadas em Niterói, na praia do Sossego, e também na Serra fluminense, em Petrópolis.

De 2008, o filme Os Desafinados é um longa de comédia que conseguiu unir Selton Mello, Rodrigo Santoro e Claudia Rodrigues no elenco. As cenas do filme foram gravadas principalmente na cidade do Rio de Janeiro e em Nova Iorque, nos Estados Unidos – já que parte da trama se desenvolve lá. Mas um trecho conta com Niterói como cenário. É na orla, próximo ao campus Praia Vermelha da UFF, atrás do Forte do Gragoatá, em que uma das cenas românticas do filme se passa.

Em 2011, foi vez da comédia romântica “”O Homem do Futuro” recorrer a Niterói para uma das cenas. A trama gira em torno das descobertas de Zero, um cientista que acha um jeito de voltar no tempo para mudar algo e se depara com uma surpresa. Uma das cenas acontece no Museu de Arte Contemporânea, o MAC.

Lançado em 2013, o filme é mais uma das obras baseadas nos diários da escritora Maria Mariana. O filme acompanha a vida de 4 irmãs que enfrentam a adolescência e transição para a fase adulta. As cenas em Niterói são um oferecimento de Tina, a irmã mais velha das 4 irmãs, que vive na cidade e garante que várias cenas sejam feitas pelas ruas de Niterói. O filme conta com um elenco recheado de nomes conhecidos e pode ser uma boa pedida para a quarentena.

Escrito por Roberta Reis

Procuro dar preferência a redação de notícias políticas, sociais, curiosidades, casos inusitados e notícias positivas.

Coronavirus: prefeitura de Niterói abre janela para alguns serviços até dia 30 de abril

Como continuar doando sangue durante a pandemia do novo coronavirus em Niterói