PUBLICIDADE


Paciente com câncer terminal morre depois de ficar internado em ala de covid-19 e testar negativo; ele enviou áudio a esposa pedindo ajuda ‘pelo amor de Deus’

Sérgio procurou o hospital no dia 30 depois de orientações do oncologista. Na ala, ele mandou um áudio pedindo 'pelo amor de Deus' que a esposa o ajudasse.

Eliane Dal Santos e toda a família do marido, Sérgio, ainda estão sem entender os momentos que antecederam sua internação na ala destinada a pacientes com covid-19 da Santa Casa de Irati. O homem testou negativo para a doença.

PUBLICIDADE


Sérgio procurou o hospital no dia 30 de agosto depois de orientações do oncologista. Ao médico plantonista, o casal explicou a situação e, de acordo com Eliane, foi informado de que Sérgio não seguiria para a ala da covid porque não atendia os critérios.

Sendo assim, a esposa deixou o hospital acreditando que o marido seria levado a enfermaria comum. No entanto, mais tarde, ela recebeu um áudio do marido pedindo “pelo amor de Deus”, que ela o ajudasse. Ele informou que estava internado com pacientes da covid.

Por conta do diagnóstico de câncer, Sérgio precisava estar recebendo o tratamento oncológico que incluía doses de morfina por conta das intensas dores que sentia. Na ala da covid, o tratamento estava comprometido e ele não poderia receber visitas.

PUBLICIDADE


Só no dia 2, Sérgio deixou a ala e veio a óbito menos de 24 horas depois. A esposa narra que foi uma das experiências mais traumáticas que viveu durante a longa batalha contra o câncer. Eles conseguiram se reencontrar na enfermaria uma última vez.

A família relata que teve dificuldades também para realizar o velório já que o hospital relutou em liberar o corpo. Foi preciso que um segundo exame testasse negativo para que o hospital fizesse a liberação.

PUBLICIDADE


O hospital afirma que seguiu protocolos ao tomar a decisão de internar Sérgio na ala destinada a pacientes da covid.

Autor