Pai é preso suspeito de ter matado o filho com agressão física; menino de 1 ano e 11 meses morreu no hospital

O suspeito da agressão teria ficado irritado com o choro da criança.

ANÚNCIOS

A Santa Casa de Alegrete, Rio Grande do Sul, confirmou, no último dia 17, a morte de uma criança de 1 ano e 11 meses. A criança deu entrada já em estado grave, apresentando um avançado trauma na cabeça. A causa da morte foi traumatismo craniano.

A polícia foi acionada e o pai da criança, de 19 anos, logo foi considerado suspeito pelo crime. Ele foi levado a depor e, de acordo com a versão apresentada pelo rapaz, ele teria ficado irritado com o choro da criança no dia em questão, o que o motivou a atingir o bebê com golpes de paulada. No hospital, foi constatada a lesão corporal, hemorragia e traumatismo craniano.

De acordo com informações do Conselho Tutelar da cidade, o menino vinha sendo acompanhado pela Instituição há algum tempo, mas nunca haviam sido observados sinais de maus-tratos ou violência. O pai ficou preso preventivamente.

ANÚNCIOS

Ainda de acordo com o Conselho Tutelar, as visitas eram motivadas por um pedido de guarda enviado pelo próprio pai da criança, em junho. O pedido de prisão preventiva foi aceito pela Justiça e a chegada do suspeito na Unidade prisional foi marcada por tumulto.

O crime é analisado como homicídio qualificado e revoltou a população local que cobra uma dura punição para o rapaz.

A identidade do homem não foi divulgada. O inquérito da Polícia Civil deve ser finalizado dentro de 10 dias, de acordo com o Órgão.

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.