PUBLICIDADE


Pai de santo é denunciado por abuso mais uma vez, o número de vítimas já chega a 7

Mais uma denúncia de abuso foi feita para o pai de santo e uma nova carta é posta na mesa; entenda!

Na semana passada, o pai de santo Heraldo Lopes Guimarães foi denunciado por abuso íntimo. Com mais esta denúncia, o Pai Guimarães de Ogum já tem 7 denúncias de mulheres que o acusam de abuso.

PUBLICIDADE


O crime foi cometido contra os próprios fiéis do pai de santo. A Promotoria pediu que fosse decretada a prisão preventiva do religioso, para que ele possa responder pelos crimes.

A Justiça ainda não havia estudado e analisado todas as denúncias feitas a Heraldo, até esta última terça-feira, dia 20 de outubro. As denúncias feitas a ele começaram há mais de um mês.

De acordo com informações do Ministério Público, foi relatado através do depoimento das vítimas que o religioso se aproveitava de sua posição para cometer os crimes. O pai de santo nega ter cometido os crimes contra os fiéis.

PUBLICIDADE


Aos 56 anos, Guimarães atua na Umbanda e comanda um templo na Zona Sul da capital. Ainda de acordo com o Ministério Público, a maioria dos crimes ocorreram neste templo.

Os crimes foram registrados desde o ano de 2010, sendo o último e mais recente, no ano passado, em 2019.

PUBLICIDADE


As mulheres que sofreram os abusos tinham na sua maioria 18 anos ou mais, porém duas meninas tinham menos de 14 anos na época do abuso.

De acordo com a defesa do religioso, ele nega os fatos e diz ser inocente dos crimes. O pai de santo ainda declarou que as mulheres estariam armando contra ele.

Autor