PUBLICIDADE


Pastor chama seguidores de pobres ‘moreninhos, encardidos e sujos’, alegando que esposa loira era destaque

O pastor foi acusado de ter sido racista e preconceituoso devido a fala em live, gerando repercussão nas redes sociais.

Nas últimas semanas, o racismo está sendo um tema muito abordado e repudiado pela sociedade. Empresas, organizações, pessoas, famosos ou não, que tenham atos racistas estão sendo cobrados nas redes sociais.

PUBLICIDADE


Atitudes de cunho discriminatório por raça não são mais toleradas e a indignação popular ficou ainda mais forte quando o caso de George Floyd repercutiu no mundo inteiro em maio. O homem negro foi morto sem piedade por policiais brancos nos Estados Unidos, o que desencadeou ondas de protestos mundiais contra a discriminação racial.

Recentemente, dois pastores brasileiros foram acusados de serem racistas e preconceituosos durante uma live nas redes sociais. Rodrigo dos Santos e sua esposa Jessica Maciel receberam ataques na web após as falas.

Na live, Rodrigo decidiu contar como conheceu sua amada esposa Jessica, uma mulher dentro dos padrões de beleza, branca e loira. Segundo o pastor, eles se encontraram pela primeira vez em uma região pobre do Paraná, durante o culto.

PUBLICIDADE


Continua na próxima página

Uma de suas primeiras falas já fez com que muitos internautas criticassem Rodrigo, por ele aparentemente estar sendo racista e preconceituoso. Segundo o religioso, naquela região não era possível ver loiras como Jessica e por esta razão ela se destacou no local.

PUBLICIDADE


O pastor continuou, explicando que na igreja onde pregava só existiam pessoas mais humildes, “moreninhas, encardias e sujas”, levantando polêmicas com a fala: “Porque o pessoal [os frequentadores do culto] é tudo assim mais classe pobre, moreninho, meio encardido, um povo meio sujo… mas ela veio e pensei: ‘Essa aí é da zona mais nobre da cidade’”.

Maciel tentou justificar a fala de seu marido ainda na live alegando que as pessoas eram “moreninhas” por causa das queimaduras do sol. Mas nada adiantou, não demorou muito para que o casal fosse amplamente atacado nas redes sociais.

A igreja dos religiosos se posicionou sobre o que aconteceu divulgando uma nota oficial, afirmando ser contra qualquer tipo de preconceito e repudiando as atitudes que foram realizadas durante a transmissão.

PUBLICIDADE


Autor