PUBLICIDADE


Pastor diz que Covid-19 não pega em crente e morre infectado pelo coronavírus

O religioso veio a óbito nessa quarta-feira após um agravamento em seu quadro.

Morreu nesta última quarta-feira (26) o pastor da Igreja Deus Vivo, famoso por afirmar que a Covid-19 não infectava cristãos. Entretanto, por ironia do destino, acabou vindo a óbito em decorrência do novo coronavírus.

PUBLICIDADE


O senhor Leonardo Santos Feitosa tinha 48 anos e era muito conhecido em Anápolis, em Goiás. Os fiéis da igreja alegaram que o mesmo sempre dizia que a Covid-19 não atingiria o crente e por isso, seus seguidores não precisavam usar a máscara de proteção facial.

O pastor deixava claro para todos que não dava a mínima importância para a doença, confiante de que nada ruim lhe aconteceria. Porém, no dia 15 deste mês o líder religioso começou a sentir fortes dores de cabeça e preocupou-se quando percebeu que havia perdido o olfato e o paladar.

Não demorou muito para ter sintomas como a falta de ar e fadiga, até que foi levado a um hospital da cidade. O quadro de Leonardo foi piorando de forma gradativa e no último dia 26 seu corpo não resistiu, passando a fazer parte do número de mortos vítimas da Covid-19.

PUBLICIDADE


Goiás já registrou 127.769 casos de coronavírus desde o início da pandemia e 2.962 pessoas mortas infectadas pelo vírus, segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde nesta quinta-feira, dia 27. Além disso,192.679 casos estão sendo investigados.

Só nas últimas 24 horas, em Goiás, foram registrados mais 2.573 novos doentes e 74 mortes por Covid-19, enquanto a taxa de letalidade no estado já chega a 2,32%.

PUBLICIDADE


 

Autor