in , ,

Pesquisa revela que máscaras de pano precisam ter 2 camadas para maior eficiência contra o coronavirus

Uma pesquisa foi realizada na Austrália, na última quinta-feira (23), a qual fazia a testagem da efetividade de máscaras de tecido. O estudo se revela de extrema importância nesse contexto de pandemia para identificar como conter melhor as gotículas que saem quando se fala ou tosse.

Segundo o infectologista, a máscara é indicada para evitar a propagação do coronavírus. Na análise, eles comparam a emissão das partículas por pessoas protegidas através de 4 tipos: indivíduos sem máscaras, pessoas que estão com máscaras de pano com uma camada, com duas camadas e com máscaras cirúrgicas.

O estudo mostra que as máscaras feitas com pano detêm as partículas, mas as máscaras com duas camadas são muito mais eficientes.

De acordo com os pesquisadores, a máscara de pano reduz a propagação do que sem nenhuma barreira de proteção, mesmo que tenha somente uma camada. Já as máscaras com duas camadas protegem muito mais, mas é melhor usar um item com uma camada de pano do que não usar nenhuma. Já as máscaras cirúrgicas possuem três camadas.

O Ministério da Saúde divulgou um tutorial sobre como fazer a máscara de pano de maneira prática e simples, para que venha evitar a propagação do vírus.

Na análise da pesquisa feita na Austrália, foi-se usada uma máscara comum cortada de um tecido de algodão de camiseta.

A máscara foi feita de modo simples, sem costura e, segundo os especialistas, seguiu as recomendações do Centro de Controle de Doenças, nos Estados Unidos.

Esse estudo foi feito para mostrar a eficiência do uso da máscara, sendo com um, dois ou três tecidos, que protege e evita que as gotículas se espalhem pelo ar.

Escrito por Cláudia LM

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.