PUBLICIDADE


Polícia atende caso de violência doméstica e acaba matando o agressor: ele agrediu esposa e irmã, além de partir para cima dos policiais

O homem estava agredindo a própria irmã e a companheira quando os policiais chegaram. Ele pulou o muro da residência e conseguiu fugir do local inicialmente.

Uma viatura da Polícia Militar atendeu uma denúncia de violência doméstica, no bairro Jardim Los Angeles, Campo Grande, e o desfecho do caso não poderia ser imaginado por ninguém. O homem acabou morto depois de partir para cima da PM.

PUBLICIDADE


O homem estava agredindo a própria irmã e a companheira quando os policiais chegaram. Ele pulou o muro da residência e conseguiu fugir do local. Nesse momento, os agentes se aproximaram da casa para conversar com as vítimas.

Os policiais deram seguimento ao atendimento, perguntando sobre o que havia acontecido e oferecendo apoio as vítimas. Enquanto a conversava prosseguia, o homem saiu de uma mata vizinha, portando uma faca, e tentou novamente atacar as duas mulheres.

A polícia então deu ordem para que ele se rendesse, mas o homem continuou fazendo ameaças e partiu contra os policiais. Foi nesse momento que os primeiros disparos foram feitos, contra os pés do agressor, mas não foram suficientes para fazê-lo parar.

PUBLICIDADE


Diante do cenário de agressividade, os agentes dispararam novamente contra o homem e o levaram para o hospital. Do Hospital Regional, ele foi transferido para a Santa Casa. O transporte foi feito pela própria PM, mas o homem morreu na unidade.

De acordo com as vítimas, o homem teve o comportamento agressivo depois de um surto de ciúmes. Ele estava alcoolizado e pegou uma faca para agredí-las, quando elas decidiram se trancar no quarto. O homem conseguiu arrombar a porta e esfaquear a esposa, que teve lesões nos dois braços.

PUBLICIDADE


Autor