Polícia conclui inquérito contra Felipe Prior, e família do ex-BBB vibra: ‘Verdade sempre vai prevalecer’

Felipe Prior, ex-integrante do “BBB20”, foi acusado de estupro e tentativa de estupro por 3 mulheres.

Anúncios

O ex-BBB Felipe Prior foi denunciado por algumas mulheres que o acusaram de abuso nos anos de 2014, 2016 e 2018. Tais acusações foram divulgadas em rede social e na grande mídia em meados de abril deste ano, quando o arquiteto havia acabado de ser eliminado da vigésima edição do reality show da Rede Globo de televisão.

A partir daí, a polícia iniciou as investigações, o acusado se apresentou e foi ouvido, assim como as mulheres que fizeram as denúncias, na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, do estado de São Paulo.

Anúncios

Felipe Prior no BBB20 Foto ReproduoGlobo

Na terça-feira, dia 04 de agosto, a delegada do caso concluiu as investigação e enviou ao Ministério Público, que poderá arquivar o inquérito que foi tramitado no mais absoluto sigilo judicial.

Anúncios

Ao saber da decisão da polícia, a família de Felipe Prior comemorou, seu Edmir, pai de Prior, se pronunciou dizendo que “a verdade sempre vai prevalecer”.

A advogada Carolina Pugliese, que defende o ex-BBB, disse em nota que a defesa nunca duvidou da inocência de Felipe Prior, e estavam cientes de que a justiça seria feita. Além disso, ela reconheceu e enalteceu o trabalho da Drª Maria Valéria Pereira Novaes, delegada que esteve à frente das investigações.

Em contrapartida, as advogadas Juliana de Almeida Valente e Maíra Machado Frota, que representam as mulheres que denunciaram o arquiteto Felipe Prior, emitiram nota de repúdio diante da conclusão da delegada da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de SP.

Foto do autor
Millena Carvalho
Estudante de Letras, apaixonada pela vida e pela arte. Comprometida com a seriedade em repassar informações verídicas e que enriqueça o conhecimento de nossos leitores.

Publicado em: